top of page

 Linha nova de Inovação para geração de empregos.O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) quer oferecer R$ 13 bilhões até o final deste ano na linha Progeren, voltada para a capacidade de geração de emprego e renda.  

 

O banco pretende aumentar o acesso ao crédito, atraindo novos canais de distribuição para além da rede bancária tradicional. 


Outros pontos anunciados são a concessão de empréstimos com maior percentual de juros subsidiados para projetos de micro, pequenas e médias empresas, que tenham “retorno social maior que o retorno privado”.

Inovação. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) renovou, até 30 de setembro de 2018, a vigência do Programa BNDES de Apoio à Micro, Pequena e Média Empresa Inovadora (BNDES MPME Inovadora), com mais R$ 300 milhões de investimento.  

Investimentos. O MPME Inovadora financia os investimentos dos planos de negócios das empresas inovadoras como desenvolvimento de novos produtos e introdução das inovações no mercado. A taxa de juros é composta de TJLP, mais 1% de remuneração básica do BNDES, taxa de intermediação financeira de 0,1%, conforme determinam as políticas operacionais do Banco, e remuneração da instituição financeira repassadora negociada entre esta e o cliente. 
 

O limite de financiamento aos investimentos é de R$ 20 milhões por beneficiário, com prazo máximo de 10 anos (até 4 de carência). Essas operações têm dotação orçamentária de R$ 200 milhões.

 

Criatec. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) lançou, o Criatec 3. Trata-se de um fundo voltado para investimentos em empresas inovadoras com atuação prioritária nos setores de nanotecnologia, tecnologia da informação, biotecnologia, agronegócios e novos materiais. O fundo atuará com sete polos de atuação regional e patrimônio de R$ 200 milhões. A Inseed Investimentos será gestora nacional do Fundo. 

 

BNDES Automático. Financiar projetos de investimentos cujos valores de financiamento sejam inferiores ou iguais a R$ 20 milhões por beneficiária, a cada período de 12 meses. Beneficiários: Empresas de qualquer ramo de atividade e porte. Itens Financiáveis. Obras civis, montagem e instalações; Máquinas e equipamentos novos e Móveis e utensílios, não isoladamente. Despesas pré-operacionais; Gastos com a comercialização de novos produtos e serviços; Gastos com treinamento de pessoal; Capital de giro associado ao investimento fixo. Taxa de Juros: TJLP + 7,6% a.a. (BNDES) Prazo/Carência: Negociado em função do empreendimento (max. 120m). Participação: Negociado em função do empreendimento (max. 80%).

 

FINEP. A FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos) atua no fomento aos projetos de pesquisa voltados à inovação tecnológica. Órgão oficial do MCT (Ministério de Ciência e Tecnologia), a entidade atende às necessidades de institutos de pesquisa, empresas privadas e públicas, agências internacionais, investidores e organizações de Terceiro Setor Sua base de atuação está focada em diretrizes estratégicas que norteiam a concessão de benefícios para os usuários. Para ser financiado, o interessado deve apresentar seu projeto em conformidade com os eixos de atuação da financiador

bottom of page